Número total de visualizações de página

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

OS LIVROS

Os livros.

A sua cálida, terna, serena pele.
Amorosa companhia.
Dispostos sempre a partilhar o sol das suas águas.
Tão dóceis,tão calados, tão leais.
Tão luminosos na sua branca e vegetal e cerrada melancolia.
Amados com nenhuns outros companheiros da alma.
Tão musicais no fluvial e transbordante ardor de cada dia.

Eugénio de Andrade

MIA COUTO, MOÇAMBIQUE

Mia Couto

– Pseudónimo de António Emílio Leite Couto – nasceu na Beira, Moçambique, a 5 de Julho de 1955. É um dos escritores que melhor traça linhas no branco, das que falam em português e nas outras. Expõe-se em cada livro: põe o coração do lado de fora. Pinta-nos a cara. Com palavras, estica-nos a boca até ao sorriso – com ou sem lágrimas.A mão dada à oralidade, o tacto, o perfume dos seus livros, as imagens nas palavras, fazem-no um dos melhores contadores de estórias a respirar.Mia Couto – pseudónimo de António Emílio Leite Couto – nasceu na Beira, Moçambique, a 5 de Julho de 1955. É um dos escritores que melhor traça linhas no branco, das que falam em português e nas outras. Expõe-se em cada livro: põe o coração do lado de fora. Pinta-nos a cara. Com palavras, estica-nos a boca até ao sorriso – com ou sem lágrimas.A mão dada à oralidade, o tacto, o perfume dos seus livros, as imagens nas palavras, fazem-no um dos melhores contadores de estórias a respirar.

VALE A PENA LER A SUA OBRA !...EIS ALGUNS DOS LIVROS DA MINHA PREFERÊNCIA E JÁ ABORDADOS NO CLUBE:

* O GATO E O ESCURO :)

* MAR ME QUER :)

* TERRA SONÂMBULA :)

MAR MEU ... dar voz à Lusofonia ^^)

Mar Meu, Xanana Gusmão

O que faz a estrada andar?
É o sonho
Enquanto a gente sonhar
A estrada permanecerá viva
É para isso que servem os caminhos
Para nos fazermos parentes do futuro.

O direito à liberdade é a voz mais funda e mais antiga da condição humana. Xanana Gusmão conquistou-o, mesmo no exílio da prisão, de onde sempre entreviu o mar, com o olhar de esperança que encurta distâncias e anula barreiras.
O mar é a estrada que une.
O céu, a dimensão da vontade infinita de mudar a face do mundo, de Angola a Timor.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

RECOMEÇA...

Recomeça...
Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.
E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…
Miguel Torga
(Portugal, séc. 20)


Ano novo, Vida nova ^^)


Olá amiguinhos leitores ^^)


Neste novo ano de 2010, desejamos a todos muito Boas Leituras...

Cada vez mais e melhores leituras e que estas nos ajudem não só a Sonhar e evadir-nos através dos livros para outras realidades, mas também que nos ajudem a Conhecer as coisas do mundo (e a dominá-las por isso) e ainda a Pensar, reflectir, tomar posição para decidir e agir de forma mais consciente.

Queremos ser Pensadores e Actuantes no nosso mundo. Pela leitura encontraremos o instrumento edificador do Ser...

Lendo, estaremos construindo o Amanhã.

Estaremos aprendendo sempre mais para podermos construir algo melhor e encontrar soluções para os problemas com que nos deparemos, mais tarde.

Estaremos em busca de um Amanhã que esperamos sempre melhor.

Um Mundo cada vez melhor. Mais Unido, mais Sábio, mais Verde.

E promovendo a leitura, com o nosso exemplo, estaremos também semeando a Esperança nos vossos corações. :)


Boas Leituras.

Boas energias, pois... Abyssus, Abyssum invocat...;D


Sigam sempre a vossa Estrela.
Beijinhos,
Professora Rogélia *